Adoramos transformar pontos em histórias incríveis e, depois de ler este post, você vai concordar que esta é uma delas. Em 2019, a participante do LATAM Pass Savina Kelly Martins da Silva conheceu o chileno Tomás aqui mesmo no Brasil. A conexão foi tão forte que não demorou muito para eles começarem a namorar. 

Depois de três meses, no entanto, Tomás precisou voltar para Santiago. “Se não fosse o Latam Pass e a possibilidade de trocar meu pontos por passagem, nós não teríamos conseguido nos ver. Só eu fiz o trecho Buenos Aires-Santiago seis vezes de julho a dezembro”, comemora Savina. 

Santiago no inverno

As temperaturas estavam baixas muitas das vezes que Savina voou para a capital chilena com pontos. “Não foi difícil me apaixonar pela cidade no inverno. A vista das cordilheiras com seu pico branquinho de neve encanta a qualquer nativo de um país tropical como eu, afinal não é algo comum de se ver”, conta. Sim, as cordilheiras dos Andes e de La Costa podem ser vistas praticamente de todos os pontos da cidade.

Outro passeio indicado por Savina é o Parque Araucano, no bairro de Las Condes. “Este, é sem dúvidas, um lugar ótimo para os finais de tarde. Embora o frio seja bem rigoroso durante o inverno, o céu azul e o sol trazem bastante conforto”, conta.

Arredores da capital

Quem vai para Santiago costuma ultrapassar os limites da cidade e com Savina não foi diferente. “Conheci inúmeras vinícolas da região incluindo a clássica Concha y Toro, onde aliás pude fazer um tour em português”, revela ela.

Mas se você pensa que a única coisa a se fazer no entorno da cidade é visitar vinícolas e clássicos como estações de ski, Savina foi além e trouxe uma dica pouco conhecida: o Templo Bahai, em Peñalolén, região metropolitana do Chile: “Ali pude fazer uma pausa no tempo, olhar para dentro e viver alguns minutos de paz!” 

Dicas amigas

Degustar delícias locais é também uma ótima maneira de vivenciar um novo destino. Depois de tantas idas e vindas a Santiago, Savina pode indicar com propriedade algumas comidinhas típicas para você provar quando estiver lá. São elas: pastel de choclo (uma torta salgada de milho), hallulla (pão cozido) e locos (molusco chileno).

 

Tudo pronto para fazer as malas e planejar sua ida a Santiago? Segundo Savina o que não pode faltar na hora de arrumar a bagagem é um bom casaco, tênis, roupas confortáveis e protetor solar!

Você deve estar se perguntando como é que ela conseguiu juntar tantos pontos para viajar tantas vezes. “Voando LATAM, utilizando o cartão de crédito LATAM PASS Itaucard e utilizando a rede de parceiros do programa”, explica Savina.

Siga os passos dela, viaje com pontos para o seu destino dos sonhos! E não esqueça de contar pra gente como foi a sua experiência!