Seis viagens para Santiago com LATAM Pass

Descubra o melhor da capital do Chile com Savina, participante do programa que usou seus pontos para encontrar o namorado mais de uma vez no destino.

Seis viagens para Santiago com LATAM Pass

Adoramos transformar pontos em histórias incríveis e, depois de ler este post, você vai concordar que esta é uma delas. Em 2019, a participante do LATAM Pass Savina Kelly Martins da Silva conheceu o chileno Tomás aqui mesmo no Brasil. A conexão foi tão forte que não demorou muito para eles começarem a namorar. 

Depois de três meses, no entanto, Tomás precisou voltar para Santiago. “Se não fosse o Latam Pass e a possibilidade de trocar meu pontos por passagem, nós não teríamos conseguido nos ver. Só eu fiz o trecho Buenos Aires-Santiago seis vezes de julho a dezembro”, comemora Savina. 

Santiago no inverno

As temperaturas estavam baixas muitas das vezes que Savina voou para a capital chilena com pontos. “Não foi difícil me apaixonar pela cidade no inverno. A vista das cordilheiras com seu pico branquinho de neve encanta a qualquer nativo de um país tropical como eu, afinal não é algo comum de se ver”, conta. Sim, as cordilheiras dos Andes e de La Costa podem ser vistas praticamente de todos os pontos da cidade.

Outro passeio indicado por Savina é o Parque Araucano, no bairro de Las Condes. “Este, é sem dúvidas, um lugar ótimo para os finais de tarde. Embora o frio seja bem rigoroso durante o inverno, o céu azul e o sol trazem bastante conforto”, conta.

Arredores da capital

Quem vai para Santiago costuma ultrapassar os limites da cidade e com Savina não foi diferente. “Conheci inúmeras vinícolas da região incluindo a clássica Concha y Toro, onde aliás pude fazer um tour em português”, revela ela.

Mas se você pensa que a única coisa a se fazer no entorno da cidade é visitar vinícolas e clássicos como estações de ski, Savina foi além e trouxe uma dica pouco conhecida: o Templo Bahai, em Peñalolén, região metropolitana do Chile: “Ali pude fazer uma pausa no tempo, olhar para dentro e viver alguns minutos de paz!” 

Dicas amigas

Degustar delícias locais é também uma ótima maneira de vivenciar um novo destino. Depois de tantas idas e vindas a Santiago, Savina pode indicar com propriedade algumas comidinhas típicas para você provar quando estiver lá. São elas: pastel de choclo (uma torta salgada de milho), hallulla (pão cozido) e locos (molusco chileno).

 

Tudo pronto para fazer as malas e planejar sua ida a Santiago? Segundo Savina o que não pode faltar na hora de arrumar a bagagem é um bom casaco, tênis, roupas confortáveis e protetor solar!

Você deve estar se perguntando como é que ela conseguiu juntar tantos pontos para viajar tantas vezes. “Voando LATAM, utilizando o cartão de crédito LATAM PASS Itaucard e utilizando a rede de parceiros do programa”, explica Savina.

Siga os passos dela, viaje com pontos para o seu destino dos sonhos! E não esqueça de contar pra gente como foi a sua experiência!

  • chile
  • Histórias Reais
  • santiago